Controle de Estoque: é possível controlar?

Em pesquisa realizada pela Faculdade de Administração da USP em 2013, com pequenos e médios lojistas do estado de São Paulo, identificou-se que este mercado possui perdas de estoques muitas vezes superior aos grandes varejistas.

No ramo de supermercados, enquanto os grandes varejistas possuem perdas de estoque que representam 1,95% do valor do estoque médio ao ano, no varejo de pequeno e médio porte esta média sobe para 6,7% ao ano. No ramo de materiais de construção estas perdas são de 1,2% para os grandes e 11,4% para os pequenos e médios varejistas.

Lembre-se que estamos falando do estado de São Paulo, o mais desenvolvido do país, portanto é de se esperar números ainda piores no restante do Brasil.

Então podemos concluir que a perda em estoques deve ser o item mais importante a ser trabalhado pelo pequeno e médio varejo. E isto é possível. Clique no link abaixo e veja como podemos lhe ajudar!

 

Clique e conheça a